Certificados de Aforro: saiba mais!


10 Ago |

Com este artigo vai ficar a saber tudo sobre Certificados de Aforro. O Dinheiro Contado deixa-lhe aqui algumas informações a ter em conta caso queira investir neste produto. 

Certificados de Aforro


O que são?

Os certificados de aforro são um dos produtos de poupança mais populares entre os portugueses. Estes títulos só podem ser subscritos por particulares. São instrumentos da dívida pública que captam as poupanças das famílias. Ao comprar um certificado de aforro está a emprestar dinheiro ao Estado.

Quando comparados com depósitos a prazo, estes possuem algumas características específicas que os tornam mais atrativos.


Características dos Certificados de Aforro
 

  • Segurança e Liquidez/Solvabilidade
O risco associado a este tipo de produtos financeiros é praticamente nulo devido à garantia do Estado português que assegura o reembolso do capital investido, ou seja, o montante aplicado é devolvido. A liquidez dos Certificados de Aforro é bastante elevada, sendo fácil a sua conversão em valores monetários.
 

Como funcionam?
 

  • Subscrição de Certificados de Aforro
Estes títulos podem ser subscritos nas estações de correio de todo o país (nos balcões dos CTT) ou pela Internet, desde que já seja titular de uma Conta Aforro.

São acessíveis a qualquer pessoa desde que apresente um documento de identificação e o seu número de contribuinte. O titular deve ter, pelo menos, 15 anos e os certificados além do nome do titular contêm o nome de outra pessoa que também os pode movimentar.

Os títulos são nominativos, ou seja, não são transmissíveis pelo que não poderá vendê-los ou dá-los a outro particular. A titularidade dos Certificados de Aforro só será transmissível se o aforrador falecer. Neste caso, os herdeiros poderão pedir a amortização ou a transmissão do título.
 
  • Quais os montantes necessários para adquirir um Certificado de Aforro?
Cada título custa 1 euro. Contudo, o valor mínimo para subscrever este produto financeiro é 100 euros e o valor máximo é 250 mil euros.
 
  • Quais os prazos dos Certificados de Aforro?
Os Certificados das Séries A e B não apresentam um prazo máximo pelo que o investidor poderá ficar com eles enquanto for a sua vontade. Já os Certificados das Séries C e D terminam no final do 10º ano de vida.
 
  • Como reaver o capital investido?
Pode reaver o capital investido no local onde foi feita a subscrição do Certificado de Aforro. Dependendo da estação de correios, pode ser reembolsado de imediato ou apenas no terceiro dia útil posterior ao pedido do cliente. O reembolso poderá ser feito em numerário, cheque ou por transferência bancária.

É ainda importante destacar que pode pedir apenas uma parte das unidades subscritas. Assim, irá obter apenas o valor correspondente ao seu pedido e ainda um novo título relativo às restantes unidades subscritas.

Caso se suceda o falecimento do titular, os herdeiros têm 10 anos para efetuar a transferência da titularidade sendo que será emitido um novo certificado com o nome dos herdeiros mas com a mesma data de emissão. Contudo, a não realização da transferência implica que o valor monetário investido reverta a favor do Estado.
 

Se quer investir de forma segura e fácil aposte em Certificados de Aforro!


Veja também:

Categoria: Investimentos

Artigos relationados

Comentários